terça-feira, janeiro 16, 2007

Covilhã por Pedro n. t. santos

Plátanos, completamente deformados sem identidade nem dignidade, se é isto que querem fazer, por favor cortem por baixo.




sem palavras......


dói-me a alma.......


Reportagem completa em Mafia da Cova e em A sombra Verde

Estas imagens deveriam ter uma bolinha no canto, são duma violência indescritível.

24 comentários:

Anónimo disse...

Em Riba D'Ave (deve conhecer) havia uma avenida em cujo eixo existiam árvores centenárias (penso q tílias mas já não me recordo com certeza) a separar os dois sentidos do tráfego rodoviário. Nem sequer foram podadas. Simplesmente foram cortadas e a avenida toda remodelada.
Eu conheço esta avenida da Covilhã-estudei lá. No Verão é uma maravilha ter as árvores pois a terra é muito quente.

Anónimo disse...

Esqueci-me de assinar. Sara.

Carlos Miranda disse...

Olá Sara:

Eram Tilias sim, algumas já bastante mal tratadas por anos sucessivos de podas estupidas. Foi uma pena as terem derrubado, haveria soluções melhores concerteza.
Obrigado pela tua contribuição.

Anónimo disse...

Obrigado pela divulgação e vamos lá ver se formamos uma plataforma que obrigue os poderes públicos a tomar uma iniciativa que ponha ponto final a isto!

Rui Silva disse...

Realmente mais valia cortar rente...
Parabéns pelo blog!

Blogue da Magui disse...

Credo, que crime!!!Por aqui não chegamos a este nivel.Eu tenho curiosidade em aprender como cortar a árvore, em frente da minha casa, em épocas certas.Cortar árvores é crime por aqui e só podemos podar na época certa ou se oferecer perigo.Cortar assim dá cadeia!!!!!!!

Carlos Miranda disse...

Boas:

Aqui onde magui? não está em Portugal?

Anónimo disse...

Olá
Voltei. Não sei de onde será a Magui mas tenho um tio q está na Suiça e diz q lá as árvores são tratadas com muito respeito. Se durante determinada operação (na construção, p.ex.) uma árvore é ferida (um ramo q seja) quem vê faz a queixa e a polícia apresenta-se no local p tomar as devidas providências. Elas são uma prioridade e têm q ser protegidas de qualquer agressão.
Sara

Carlos Miranda disse...

Sara: Se conseguires que esse teu tio envie umas fotos de árvores bem podadas, faziamos um post diferente, para variar,......

Anónimo disse...

Ele agora está cá. Mas quem sabe qd lá voltar... é uma boa ideia.
Sara

Anónimo disse...

De norte a Sul a vergonha!

adf2006 disse...

vai um comentário ao post av 5 de Outubro no meu blog adefesadefaro.
cumprimentos adf2006

Formiguinha disse...

Não sei se chegaste a ver a referência que fiz ao teu blog;)
Continuação de um excelente trabalho.

Afi disse...

Acho que quem faz isto ou manda fazer, não gosta de árvores. Se pudessem "plantavam" árvores de plástico: não sujam, não crescem, não mudam com as estações, etc.
Por todo o país se vê disto. Onde é a "Universidade" desta malta?

Carlos Miranda disse...

Boas Afi: É incrivel não é? universidade??!!! os miudos da primária sabem mais que estes brutos.

scorpio mab disse...

alo,alo gostei muito do blog
só uma correção, é Máfia da Coca e não Mãfia da Cova...
abraço Mafioso

scorpio mab disse...

Máfia da Cova.....hehehe, enganei-me

Sara Antunes disse...

recomendo um livro aos senhores phodadores municipais:

A Árvore em Portugal!

É incrível como estes senhores ainda mandam na manutenção das nossas árvores!

Eva Lima disse...

Socorro, estão a fazer isto às árvores da minha rua (em Viseu).
Amanhã vou fotografar.

Outra coisa que me enfurece é a mania de pulverizar os passeios (2x ao ano) com herbicidas (Viseu, tb farão isso noutras cidades???).´
Quando questionei o sr. para não pulverizar à minha porta, argumentando com os filhos, o cão e gato, respondeu-me: ISTO É PARA MATAR AS ERVAS , NÃO FAZ MAL NENHUM.

Anónimo disse...

Se as autoridades prendem alguns incendiários, porque não prendem os incompetentes que fazem estas loucuras ás árvores.

Anónimo disse...

Olá Amigo Miranda,

Estava aqui a fazer umas pesquisas na Net e dei com o teu blogge... antes de mais os meus parabéns.
Continuas a ser um defensor convicto das árvores, o que todos temos de agradecer e apoiar esta tua iniciativa.
Já agora, por falar nas tílias de Riba D´Ave, não vou esgrimir argumentos com ninguém, mas garanto-te a ti e à Sara que a solução foi a possível e, embora concorde contigo que existem outras, por vezes as coisas não são tão lineares como parecem.
Na realidade, quando se trabalha num municipio, é dificil tomar decisões sobre árvores, porque existem tantas condicionantes que um técnico tem que optar por aquela que mais consenso reúne. Refiro-me obviamente à decisão do abate, porque a decisão da poda já é outra conversa.
Já agora, para os leitores e participantes do teu bloggue, gostaria que não chamassem a essas coisas que fazem ás árvores de poda e muito menos poda camarária. Primeiro porque em Portugal já em muitas autarquias vão surgindo técnicos cada vez mais sensibilizados com esta questão. Depois porque podar é uma arte , na minha opinião e na tua também. Finalmente porque começo a verificar que são os particulares que começam a ter os maiores exemplos desta vergonha.

E é tudo. Não consegui enviar-te umas fotos que tenho sobre uma rolagem numa freguesia cá da terra em carvalhos, tílias e plátanos. Infelizmente não tirei fotos ás rolagens das árvores no nosso hospital. Mas quem lá passou ficou bem elucidado da qualidade do podador.
Por favor coloca aqui o teu mail para te enviar as fotos.
Uma abraço e continua, que nós vamos passando por cá.

Marisa Moreira

NB: Já agora, como sabes, estamos abertos ás tuas sujestões e chamadas de atenção. Porque dizer o que está mal e sugerir melhoras é sempre bem vindo aqui.

Carlos Miranda disse...

Obrigado pelo simpático comentário, Marisa.
ès bem vinda a este cantinho de discussão.

Já agora o mail está no 1º post do Blog "Introdução"

Anónimo disse...

Lena disse...
ExmºSenhor
Até que enfim descobri alguém que me possa aconselhar sobre um problema que me tem afligido há bastante tempo(cerca de três anos).No páteo da minha casa(20m2), em frente da janela do meu quarto tenho uma grevíllea robusta, enorme que proporciona sombra, fresco e privacidade.Adoro acordar ao som do canto dos pássaros!
O problema é que a árvore levantou, partindo todo o pavimento do quintal,que está junto ao tronco. Os meus vizinhos, ao verem o sucedido, acusam a árvore de ser prejudicial ao subsolo, podendo danificar as canalizações existentes nas redondezas.Têm-me pressionado para que mande arrancar a árvore. Mas eu nem quero pensar em tal! Já tem a altura do 1º andar da casa. Será que continua a desenvolver? Comom pode parar de crescer? Como hei-de evitar a destruição da grevillea? Ajude-me por favor! Obrigada

10 de Março de 2007 23:53

Carlos Miranda disse...

Olá Lena: por Favor envie para o meu mail, fotos da Grevilea e do piso estragado.

Obrigado